Como um software para gestão de condomínios deve funcionar?
5 (100%) 1 vote

A utilização de um software para gestão de condomínios pode ajudar — e muito — o síndico a lidar com as múltiplas tarefas que o seu cotidiano envolve.

Desde o gerenciamento dos agendamentos de áreas comuns do prédio, o controle da falta de funcionários e, até mesmo, desentendimentos entre condôminos ocorridos por causa de uma comunicação deficiente, são coisas com que o síndico se depara no dia a dia e toda ajuda é bem-vinda.

Pensando em ajudar você a escolher o software para gestão de condomínios que melhor se ajusta as suas necessidades, preparamos uma lista com 4 vantagens de se usar esse tipo de tecnologia.

1.Software para gestão de condomínios e comunicação eficiente

A utilização desse tipo de recurso possibilita a criação de um canal de atendimento aos condôminos que permita o registro de queixas e sugestões, trazendo um grau maior de confiabilidade para a gestão.

Outra facilidade é permitir o agendamento de assembleias e também a reserva de áreas comuns do prédio como churrasqueiras, salões de festa de forma virtual, permitindo uma visualização mais rápida dos agendamentos, diminuindo a possibilidade de erros e sem a necessidade de deslocamento ou outros meios de comunicação.

2. Otimização da gestão de processos e de informação

Uma vez que as informações estejam sistematizadas, fica mais fácil delegar tarefas e acompanhar o andamento delas.

Outros processos, como o controle de contas à pagar, impedem que elas sejam pagas com atraso gerando taxas desnecessárias.

Uma vez que boa parte das tarefas que eram feitas manualmente passem a serem realizadas de forma virtual, haverá a eliminação de vários processos desnecessários, liberando tempo de mão de obra bem como a economia de recursos envolvidos nesses passos, aumentando a agilidade das respostas às demandas dos moradores.

3. Aumento da transparência das contas da gestão

A utilização de softwares para a gestão de condomínios permite o compartilhamento de documentos e a prestação de contas, bem como outros relatórios e a previsão de gastos para os períodos subsequentes.

Uma vez que o programa torna possível a geração de planilhas, relacionando os pagamentos e também o arquivamento dos respectivos comprovantes, eventuais consultas que se façam necessárias às contas do condomínio serão feitas de forma muito mais rápida.

Dessa forma, os moradores ficam mais bem informados sobre tudo o que acontece no condomínio aumentando a transparência das contas da gestão.

4. Possibilidade de usar equipe mais enxuta

Entre as várias formas de economia que usar um software para gestão de condomínios pode lhe trazer, a redução do pagamento de horas extras é uma das principais. Uma vez que permite ao síndico um controle muito maior de todos os acontecimentos e pendências no condomínio.

Por isso ele poderá organizar as escalas da melhor forma possível, de forma a cobrir a maior parte das demandas sem precisar que nenhum funcionário trabalhe além da sua jornada.

Como pudemos demonstrar, a utilização de um software para gestão de condomínios facilita vários processos críticos. Isso contribui para a gestão de qualquer síndico, que poderá controlar mais de perto diversas situações, permitindo que ele aumente seu nível de resolubilidade.

Gostou do post? Se ainda tiver alguma dúvida, entre em contato conosco. Ficaremos felizes em te auxiliar.