Saiba como dar adeus à briga de vizinhos de uma vez por todas
5 (100%) 1 vote

Todo mundo conhece ao menos uma história sobre briga de vizinhos. Desde probleminhas que se estendem por anos até verdadeiros casos de polícia, as desavenças entre os moradores não raramente aparecem e podem acabar exigindo a mediação ou a interferência do síndico.

O relacionamento entre vizinhos de um condomínio envolve quesitos importantes que interferem drasticamente na qualidade de vida e as desavenças podem surgir pelos mais diversos motivos. Por se tratar de ambientes em comum, é normal e mesmo saudável que opiniões ou prioridades diferentes sejam colocadas em questão. O problema é quando um debate acaba evoluindo para uma confusão.

Como acabar com a briga de vizinhos?

A seguir, listamos alguns dos assuntos causadores de conflito mais comuns e a melhor maneira de agir se algum deles aparecer para você. Confira!

Barulho

O barulho é uma das causas mais comuns de crises entre vizinhos. Cada um em seu entendimento tem uma opinião sobre que horas ou quando pode haver barulho, seja de uma festa ou de uma obra. A verdade é que, dentro de condomínios, o direcionamento a ser feito é o de sempre evitar ruídos ou barulhos incômodos em qualquer horário. Como a flexibilidade pode ser perigosa nesse caso, o melhor é se amparar na Lei do Silêncio e em suas interpretações.

Uso da área de lazer

A melhor maneira de evitar problemas com o uso indevido da área de lazer é seguindo as normas do condomínio ou, no caso da ausência de regras, criá-las. Os direitos e deveres do uso do espaço devem ser iguais para todos e devem ser estabelecidos levando em consideração a estrutura que o espaço oferece. Horário de funcionamento, esquema de marcação de horários, regras de utilização de equipamentos e volume do som são alguns assuntos relevantes que devem ser detalhados e deixados acessíveis aos moradores.

Garagem

A utilização indevida da garagem pode causar grande dor de cabeça para moradores. Quando o estacionamento tem vagas compartilhadas, os problemas podem ser ainda maiores. Impasses com o tamanho dos carros, por exemplo, podem ser resolvidos com uma conversa para uma possível troca de vaga ou mesmo um sorteio realizado em reunião. Em alguns casos, o morador decide usar a vaga da garagem como depósito. Mais uma vez são as normas do condomínio que poderão resolver a questão com mais facilidade.

Animais domésticos

A presença de animais domésticos também pode ser o estopim de grandes conflitos. Mas, apesar de muitos condomínios proibirem animais, a questão pode ultrapassar as normas específicas e chegar à justiça. Mesmo que o condomínio aceite animais, será necessária a observação de regras quanto à utilização do espaço em comum, o uso de coleiras e do elevador de serviço.

A briga de vizinhos deve ser evitada sempre porque, se prolongada, pode se transformar em uma verdadeira guerra. Por isso, uma ação rápida e acertada logo no início dos atritos pode ser a melhor forma de evitar problemas grandes demais a serem controlados no futuro. Ao síndico, cabe informar com detalhes os limites fixados por normas próprias do condomínio ou se amparar na lei. Se necessário, aplicar também multas e punições cabíveis.

Agora que você já conhece as dicas para controlar a briga de vizinhos, coloque-as em prática e verá que a mediação pode não ser tão complicada como parece. E, para obter os melhores conteúdos sobre gestão de condomínios, cadastre-se na nossa newsletter e receba todas as dicas diretamente por e-mail.