5 motivos para trocar a planilha de prestação de contas do condomínio
5 (100%) 1 vote

Uma das obrigações mais delicadas do síndico é a prestação de contas do condomínio. Essencial, ela permite evidenciar que os valores arrecadados com a taxa de condomínio estão sendo usados de forma eficiente, garantindo clareza e transparência nas ações realizadas.

Há diversas formas de realizar esse controle, sendo uma das mais usadas a planilha de prestação de contas de condomínio. Apesar de ser um primeiro passo no processo de automatização dessa função, além de bastante útil, ela ainda deixa a desejar quando comparamos com um software de gestão, por exemplo.

Continue lendo e veja 5 razões para realizar a troca e tornar a sua gestão mais eficiente.

1. Gera relatórios e gráficos instantaneamente

Uma das principais vantagens na troca da planilha de prestação de contas de condomínio é a possibilidade de gerar relatórios e gráficos instantaneamente. Muitas das informações contábeis podem parecer confusas em um primeiro instante.

Isso faz com que os moradores não consigam compreender como os gastos são efetuados ou se a arrecadação é realmente necessária para suprir todas as demandas do condomínio.

A partir da visualização de gráficos, bem como a elaboração de relatórios, essas informações ficam mais claras, permitindo que todos possam compreender, da melhor forma, o quanto as suas ações nesse quesito são eficientes.

Essa função é essencial, principalmente, em casos de necessidade de reajuste de taxas, tornando o processo mais transparente.

E, também, a possibilidade de gerar os dados automaticamente permite agilidade na prestação de contas, otimizando o processo.

2. Fornece maior clareza nas informações

Como falamos, dados contábeis, muitas vezes, não são muito claros para pessoas leigas. As planilhas não permitem evidenciar, na maioria dos casos, questões importantes devido à sua dificuldade de compreensão.

A partir do sistema de gestão e a criação de gráficos, essas informações ficam mais claras para os moradores e até para você mesmo. Isso permite tomar decisões mais acertadas no que concerne ao gerenciamento de gastos e realização de melhorias no condomínio.

3. Otimiza o controle sobre gastos e recebimentos

Quando se trata de finanças, todo controle é bem-vindo. Isso se torna ainda mais forte quando falamos de gerenciar um condomínio, já que envolve o espaço residencial de diversas pessoas.

Um software específico de gestão de condomínios permite a otimização da gestão financeira, melhorando sua percepção sobre o cenário atual, necessidade de potencializar fundos de emergência, se pode, ou não, diminuir a taxa temporariamente, entre outros.

4. Ajuda na economia de tempo e recursos

O preenchimento de planilhas de prestação de contas de condomínio demora menos tempo do que o controle manual, é verdade. Porém, ainda assim, há a necessidade, muitas vezes, de configuração e inserção de dados novos, a depender da situação.

Em um software de gestão de condomínios, essa função de preenchimento dos dados financeiros é muito mais rápida, bem como a análise de dados e geração de relatórios são feitas de forma automática. Economiza-se, assim, tempo e recursos, facilitando seu trabalho.

5. Obtenha todas as informações em um único lugar

Quantos arquivos são necessários para manter o controle e gestão do condomínio? Muitos, não é mesmo? A partir de um software de gestão, é possível reunir todas as informações em um mesmo lugar.

Você ganha uma visão global, ampla e conectada dos mais diferentes setores da administração, permitindo uma maior eficiência no exercício da função de síndico.

A substituição da planilha de prestação de contas de condomínio por um software ajuda a melhorar seu trabalho, melhorando a percepção dos moradores sobre sua função e permitindo direcionar esforços para questões mais analíticas da administração.

Ficou interessado? Conheça então a King Condo, tire suas dúvidas e a implemente no seu trabalho. Entre em contato agora mesmo!