Dia do Vizinho: 5 dicas para promover o bom relacionamento no seu condomínio!
5 (100%) 1 vote

Você conhece o Dia do Vizinho? Ele é comemorado em 20 de agosto, dia do nascimento de sua criadora, a escritora goiana Cora Coralina (1889-1985). A poetisa tinha enorme apreço pelos seus vizinhos e dedicou poemas e frases à importância de quem mora perto da nossa casa. Pensava ela: “Vizinho é mais que parente, pois é o primeiro a saber das coisas que acontecem na vida da gente.”

Em homenagem ao Dia do Vizinho, neste artigo você vai conhecer cinco dicas para melhorar a integração na vizinhança. Afinal, a qualidade de vida é melhor quando todo mundo se conhece. Vamos lá?

1. Crie uma agenda de eventos

A melhor forma de fazer amizades é conhecer pessoas com interesses em comum. Depois de adultos, fazemos amigos em congressos profissionais, viagens de turismo ou eventos dos nossos hobbies. Você também pode organizar no condomínio ações para atrair as pessoas. Por exemplo, uma feira de trocas, “armazém do desapego” ou evento semelhante.

Pode, ainda, realizar torneios esportivos e gincanas infantis com a criançada. Além disso, os vizinhos podem fazer uma festa comum no sábado anterior ao Dia das Mães, Dia dos Pais e outras vésperas de comemorações importantes.

2. Forme clubes

Além dos eventos, outra forma de integrar os vizinhos é a criação de clubes, que se reúnem semanal ou mensalmente, com interesses em comum. Em um clube do livro, por exemplo, os integrantes combinam de ler um mesmo título por mês e discuti-lo na reunião seguinte.

Os clubes podem ser de diversos outros tipos. Uma confraria de vinho ou cerveja reúne-se regularmente para degustar novos rótulos. Um grupo de caminhadas ou de corrida sai do condomínio toda semana para praticar exercício. Existem, também, clubes de mães com filhos pequenos, de jogadores de pôquer ou buraco, cineclubes, e o que mais você imaginar.

3. Defina um projeto em grupo

O condomínio pode se engajar em um grande esforço comum para melhorar o espírito de equipe. Pode fazer um “Medida Certa”, como no Fantástico, e estabelecer uma meta de exercícios e perda de peso.

Pode criar uma campanha de coleta de lacres de alumínio para comprar cadeiras de rodas ou desenvolver um projeto de coleta seletiva no bairro, organizar um mutirão para pintar a rua, plantar novas árvores, reunir assinaturas para pedir determinada melhoria à prefeitura etc.

4. Escute os condôminos

Não adianta traçar projetos e metas sem conhecer bem o dia a dia do seu vizinho. Condomínios com muitas famílias e crianças pequenas têm necessidades e expectativas diferentes de grupos de jovens adultos solteiros ou de comunidades com muitos idosos. Converse com os vizinhos e procure saber quais ideias e atividades os motivam.

5. Dê o exemplo com boa convivência e empatia

Participando ou não de atividades em comum, é fundamental que os vizinhos se deem bem respeitando limites e regras. Parar os carros dentro do limite das vagas, não fazer barulho ou ligar som alto em horários impróprios, chegar pontualmente às reuniões de condomínio e não chamar dois elevadores são algumas práticas simples que fazem toda a diferença.

E o síndico deve ser o mais bem-comportado de todos, já que é ele quem dá o exemplo para os demais moradores.

Seguindo estas dicas, em seu condomínio todo dia será Dia do Vizinho — afinal de contas, para os seus vizinhos, o vizinho é você. 

Gostou deste texto? Então, compartilhe no Facebook e no Twitter para saber o que os seus vizinhos acham das nossas dicas. Até a próxima!