Checklist: como cuidar das áreas comuns do condomínio
5 (100%) 1 vote

Para que o condomínio mantenha-se em bom estado, seguro e confortável para todos os moradores, alguns cuidados regulares são fundamentais. Nesse sentido, saber como cuidar das áreas comuns do condomínio envolve dedicar atenção especial a elas para garantir que nenhum problema surja.

Para tanto, a manutenção preventiva e as checagens constantes são muito importantes. Como síndico, seu papel é se certificar que as áreas comuns do condomínio possam ser usadas pelos moradores sem contratempos. E o melhor é que, com planejamento e organização, eles também podem ajudar no cuidado com esses espaços!

Quer ficar por dentro e saber exatamente como cuidar das áreas comuns do condomínio? Então continue a leitura e confira a checklist que preparamos para você!

1. Garagem

A garagem precisa oferecer segurança para os moradores e seus veículos. Portanto, mantenha as câmeras e os demais equipamentos atualizados. Aqui os moradores podem ajudar preservando os procedimentos regulares, como fechar a porta que leva à garagem e sempre verificar os arredores antes de entrar com o carro.

O bom estado da pintura demarcando as vagas e a iluminação da área também são fundamentais. Infiltrações, rachaduras ou vazamentos devem ser solucionados o quanto antes. Se possível, é interessante que o zelador verifique a garagem diariamente.

2. Elevadores

Os elevadores precisam de checagens regulares para que você possa garantir o transporte seguro dos moradores.

É importante ter uma empresa especializada para isso, contratada para manutenções mensais. Anualmente, a empresa (que deve ser cadastrada no Contru) deve emitir o Relatório de Inspeção Anual dos elevadores (RIA).

Quando quaisquer trocas forem necessárias, utilize apenas peças originais da empresa. Para que os elevadores se mantenham em perfeito estado de funcionamento, os moradores devem respeitar os limites de peso e de número de pessoas.

3. Corredores

Quanto aos corredores, a principal manutenção diz respeito à limpeza regular. Para isso, conte com o trabalho dos zeladores e faxineiros do condomínio.

Além disso, procure educar os moradores quanto à importância de não jogar lixo nos corredores e sempre limpar quando houver alguma sujeira (calçados sujos, acidente com algum alimento etc.). Se você notar um nível crescente de sujeira no local, reforce as orientações e aborde o assunto na próxima reunião.

Outro problema que pode surgir é o fato de que há moradores que consideram o corredor como uma extensão do seu próprio lar. Assim, querem decorá-lo, pendurar quadros, pintá-lo fora do padrão do prédio, ornamentá-lo com plantas etc.

Entretanto, o corredor é um espaço coletivo do condomínio, portanto, de uso comum. Oriente os moradores nesse sentido e, quando necessário, converse com o condômino em questão. O corredor e qualquer outro espaço de uso comum só podem ser alterados sob decisão da assembleia dos condôminos.

4. Piscina

O tratamento especial da piscina varia muito de acordo com o tamanho e com outras características, portanto, siga sempre as orientações do fabricante. Tome cuidado especial nos meses de verão, quando o uso da piscina é bem mais intenso.

Os fabricantes dos produtos químicos utilizados na piscina costumam oferecer treinamentos quanto ao seu uso. Portanto, mantenha a pessoa responsável pela manutenção da piscina devidamente atualizada quanto a esses procedimentos.

5. Playground

Como o playground recebe as crianças do condomínio, cuidados especiais são necessários para que ninguém se machuque durante a brincadeira. Verifique todos os brinquedos a cada três meses, dedicando atenção especial nos períodos de férias.

Incentive que as crianças e os pais que circulam por ali preservem a limpeza e o bom estado de conservação dos brinquedos. Assim a diversão é melhor para todos!

6. Áreas de lazer

O salão de festas, as quadras, a academia e a churrasqueira do condomínio devem ser verificados mensalmente. Oriente os moradores a tomarem cuidado com o uso de todos os equipamentos e demais itens disponibilizados nesses locais.

Especialmente quanto ao salão de festas, exija que o morador devolva o local limpo e exatamente como ele havia encontrado. Cada morador é responsável por quaisquer danos causados por ele ou por seus convidados durante o uso do salão de festas.

Gostou de saber como cuidar das áreas comuns do condomínio? Então siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram, no LinkedIn e no Google+ para ficar por dentro de todas as nossas dicas!